Como incentivar meu filho a ler?

O amor pela leitura começa antes da alfabetização! Saiba como despertar esse interesse nas crianças

6 de abril de 2017 - Por: Redação


Family reading together

 

Por mais que a tecnologia esteja cada vez mais avançada, a leitura nunca deixará de ser uma ótima ferramenta para a educação de crianças, jovens e adultos. Uma criança que lê adquire mais conhecimento, desenvolve seu senso crítico, amplia o vocabulário, aprende a escrever melhor, entre diversos outros benefícios. Mas como fazer com que nossos filhos leiam mais?

 

CONTE HISTÓRIAS

Segundo Antoniella Polinari, coordenadora psicopedagógico do Ensino Fundamental 1 do Colégio Marista Santa Maria, formar leitores começa antes da alfabetização! “Crianças adoram ouvir histórias e, quando ainda não dominam o alfabeto, são os adultos que as encantam fazendo a ligação entre elas e o mundo do faz de conta”, explica. Portanto, sempre que puder, conte histórias aos pequenos!

 

E NA ESCOLA?

Quando as crianças ingressam no colégio elas têm a oportunidade de ampliar sua autonomia leitora. “Ler clássicos, lendas, quadrinhos, textos informativos, e outros gêneros, amplia a capacidade reflexiva e crítica dos alunos. Estas “chaves” de compreensão de leitura, aprendidas na escola, expandem o potencial imaginativo”, esclarece Antoniella. Desta forma, a criança começa a entender vários tipos de texto, compartilha o que entendeu e repensa sua interpretação juntamente com os colegas.

 


Leia também como a internet pode ser uma aliada no estudo da matemática


 

VISITAS À BIBLIOTECA

“Além dos textos explorados em sala de aula, visitas à biblioteca da escola são de grande importância, pois nestes momentos as crianças fazem suas escolhas  a partir de seus interesses”, complementa a coordenadora.

 

De acordo com Claudia Borinelli, bibliotecária do Marista Santa Maria, existem muitos alunos comprometidos com a leitura no colégio. “Eles são exigentes na escolha e no conteúdo, contribuindo constantemente com sugestões de novos títulos para complementar nosso acervo”, declara.

 

DÊ O EXEMPLO

Se você deseja que seu filho se interesse pela leitura, é preciso dar o exemplo. “Quando o filho vê o pai ou a mãe lendo, naturalmente, se espelha naqueles que são suas referências. Se ele perceber entusiasmo e alegria, vai perceber a leitura como algo prazeroso. Aí o encanto se completa!” afirma Claudia.

 

SEM OBRIGAÇÕES

Esse exemplo também é observado dentro da escola. “Quando o professor vem à biblioteca com a turma e lê junto com eles, eu percebo o quanto isso é contagiante e reflete no comportamento da turma. Perceber que o professor também é leitor atrai a atenção do aluno! Também é importante frisar que a leitura precisa estar associada ao prazer e não à obrigação”, finaliza a bibliotecária.

 

 

 

Related Post



Viverno digital

Loading...